Certificado Digital

Certificado Code Signing: o que é e qual é a diferença para o SSL?

A era da informação ganhou ainda mais força com a transformação digital pela qual estamos passando. Graças à evolução constante de hardwares e softwares, o mercado está cada vez mais inserido em um ambiente de relações online. Isso fez com que o certificado Code Signing ganhasse ainda mais relevância para as empresas.

No entanto, sua popularização trouxe consigo uma série de dúvidas sobre sua utilização. Afinal, você sabe o que é o certificado Code Signing?

Criamos este artigo para esclarecer o assunto. Aqui, você aprenderá o que é o certificado, como ele funciona, qual a diferença para o SSL e quais as vantagens de utilizá-lo. Confira!

O que é o certificado Code Signing?

O certificado Code Signing — ou de assinatura de códigos — permite a validação de procedência de softwares. Sua função é garantir a autoria de uma determinada solução digital, a fim de estabelecer uma relação de confiança entre o usuário e o fornecedor de um produto.

A ideia por trás do certificado é bem simples. Em um processo de compra tradicional, por exemplo, o consumidor recebe o produto (software) em algum tipo de embalagem. Nesse caso, além de saber quem é o desenvolvedor, ele tem a certeza quanto à procedência daquilo que comprou, afinal, a embalagem vem lacrada.

No caso de uma compra online, esse meio de confirmação deixa de existir. A partir do momento em que o cliente compra um software, ele está baixando (ou atualizando) algo sem a mesma certeza quanto à procedência.

Nesse sentido, é natural que surja uma ponta de desconfiança. Afinal, como garantir que aquele é mesmo o software original do desenvolvedor em quem eu confio? Pois é exatamente essa a função do certificado Code Signing.

Como funciona e por que aumenta a segurança?

A assinatura funciona como um “lacre digital” para o código — ou seja, o conteúdo. No momento do download, a ferramenta autentica a fonte e verifica a integridade dos dados baixados.

Isso é feito por meio de um par de chaves digitais (privada e pública) geradas no momento do Certificate Request. A chave privada é aquela mantida pela entidade requisitante, enquanto a pública é submetida à autoridade certificadora para a validação.

Trata-se de uma ferramenta indispensável para qualquer empresa desenvolvedora de softwares que pretenda garantir a confiança sobre os produtos que oferece. Na prática, o certificado possibilita que os desenvolvedores criem páginas web utilizando controles ActiveX ou Applets Java, ambos assinados, além de outros executáveis similares.

Já os usuários podem tomar decisões mais embasadas em relação às soluções que querem baixar. Afinal, o certificado permite que eles saibam quem publicou o software, o que foi ou não alterado, quais são vantagens etc.

Quais são as vantagens de adquirir um Code Signing?

A certificação da autoria de códigos e aplicações é essencial para qualquer desenvolvedor. Em tempos de mercado tão concorrido, esse tipo de medida garante a legitimidade do softwares, aumentando a segurança de ambas as partes — fornecedor e usuário.

No momento em que o download for feito, há uma espécie de acordo de confiança entre as partes. O usuário está contando com a eficiência daquela solução, o que depende, por exemplo, da continuidade do serviço e de atualizações relevantes para seu funcionamento.

Um software pouco atualizado certamente se tornará obsoleto em pouco tempo. Logo, é preciso oferecer updates com novas funcionalidades, ajustes finos, melhorias, correções etc. Para acessar esses novos dados, o usuário deverá fazer a atualização e, ciente disso, é fundamental que ele esteja seguro também da procedência desses novos dados.

Outro benefício relevante é que esse tipo de certificado digital fortalece a presença da sua marca no mercado. Se o usuário pode garantir a procedência do produto, o risco de um download de software falsificado é reduzido drasticamente.

De quebra, o Code Signing eleva a segurança do usuário e diminui o risco de rejeição do produto no mercado. A confiabilidade tende a aumentar e, com isso, outros clientes se sentirão mais seguros em adquiri-lo.

É crucial, entretanto, que o certificado seja oferecido com alto nível de compatibilidade — algo que deve ser checado com o fornecedor. Isso significa que ele deve ser aceito pelas plataformas mais utilizadas, como Java®, Adobe® AIR®, Mac®, Microsoft® Authenticode® (Multi-Purpose) e Microsoft® Office VBA.

Por fim, vale destacar que o uso do certificado remove os avisos de segurança relacionados a “fontes desconhecidas” emitidos pela barreira de proteção do sistema operacional. Trata-se de um primeiro aviso quanto a possíveis malwares, spywares e outras ameaças que preocupam qualquer usuário.

Outra ferramenta bastante utilizada, nesse sentido, é o certificado SSL. A seguir, mostraremos as principais diferenças entre eles, para que você entenda detalhadamente as vantagens de cada um.

Qual é a diferença entre os certificados Code Signing e SSL?

O certificado SSL (Secure Sockets Layer) é uma tecnologia de segurança criptografada que codifica os dados que trafegam entre o usuário e um website. Resumidamente, o protocolo SSL — por meio de um processo de criptografia — impede que os dados enviados e recebidos possam ser interceptados, copiados ou alterados por terceiros.

Isso garante o sigilo da comunicação estabelecida, algo fundamental em diversos contextos, principalmente em transações financeiras, processos de compras etc. No mercado atual, em que a informação representa um verdadeiro ativo para qualquer empresa, seu uso também se tornou ainda mais importante.

A diferença é que o certificado SSL serve especificamente para proteger a comunicação estabelecida, enquanto o Code Signing tem a função de verificar a “identidade” do programa baixado, ou seja, a legitimidade do código.

O uso do SSL permite que um desenvolvedor ofereça ao usuário um site com ambiente seguro para que ele realize quaisquer que sejam as atividades em questão. Já o Code Signing tem como foco a validação de um software específico, independentemente da maneira pela qual ele foi adquirido — embora, na maioria dos casos, isso seja feito por meio de downloads.

Como você pode ver, são ferramentas essenciais, mas com funcionamentos distintos. O certificado Code Signing pode fortalecer a relação de confiança entre sua empresa e os usuários de suas soluções, fornecendo um meio de validação insubstituível no mundo digital. Faça uso dessa ferramenta e garanta mais tranquilidade e segurança para você e seus clientes!

Se quiser saber mais, baixe gratuitamente nosso guia completo sobre o uso do Certificado Digital!

O quanto este post foi útil para você?

Clique nas estrelas para avaliar!

Nota Média / 5. Contagem de Votos

Que pena que você não gostou.

Ajude-nos a melhorar o conteúdo do blog

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar