VALID Certificadora
27\04\2016

Entenda o crescimento constante do e-Commerce no Brasil

Entenda o crescimento constante do e-Commerce no Brasil

Nos últimos anos, o crescimento do e-Commerce no Brasil tem sido constante. Com isso, novos desafios se configuram para as empresas, que devem lançar mão de novas ferramentas para enfrentar uma intensa competição – afinal, o concorrente está apenas ‘one click away’.

No Brasil, a tendência do comércio eletrônico é recente, porém já se estabeleceu como um setor estável e em contínuo desenvolvimento.

Há quem pense que, em tempos de crise econômica, o potencial do e-Commerce brasileiro pode começar a diminuir. No entanto, o que estamos presenciando é o cenário oposto. Na contramão de uma economia abalada, o e-Commerce não apenas se mantém como apresenta taxas de crescimento consideráveis, ainda que apresentando uma pequena queda em relação a outros anos.

O sucesso do e-Commerce pode ser confirmado pelo número de compras online realizadas em 2014: dos 204 milhões de brasileiros, 51,5 milhões fizeram, no mínimo, 1 compra virtual ao longo do ano – ou seja, um valor correspondente a 1/4 da população brasileira!

Acompanhe nosso post de hoje e entenda mais sobre o crescimento do e-Commerce no Brasil!

Os números não mentem: o e-Commerce está crescendo em meio à crise

O e-Commerce vem crescendo em ritmos galopantes e o Brasil está sentindo os efeitos desta evolução, ocupando hoje a posição do terceiro país onde mais se faz compras pela internet no mundo. Estimativas indicam que esse crescimento não vai parar por aí, tendendo a se tornar cada vez mais abrangente.

Vejamos alguns dados:

Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), em 2012, o faturamento do e-commerce no Brasil atingiu R$ 22,5 bilhões, um crescimento de 20% quando comparado a 2011, que foi de R$ 18,7 bilhões.

Em 2013, as projeções de crescimento se confirmam e os resultados foram ainda melhores quando comparados a 2012, movimentando mais de R$ 31 bilhões e indicando um crescimento de 29% em relação ao ano anterior.

Qual o motivo desta escalada? Consumidores com novos hábitos de compra. O comércio eletrônico brasileiro recebeu nada menos que 10 milhões de novos consumidores, que impulsionaram as vendas e fizeram o faturamento alcançar as alturas.

Em 2015, o e-Commerce brasileiro mostrou que realmente veio para ficar, faturando 41,3 milhões de reais – um crescimento nominal de 15,3% quando comparado a 2014, segundo empresa especializada em informações do setor, Ebit/Buscapé.

Ainda segundo a pesquisa, o tíquete médio, ou valor médio de compras, registrou uma alta de 12% em relação a 2014, sendo um dos principais fatores para o crescimento do setor.

Em relação aos pedidos realizados, foram totalizados 106,5 milhões, com um tíquete médio de R$ 388. Tal valor esteve relacionado ao nível da inflação, que também influenciou a precificação dos produtos vendidos online no decorrer do ano.

Para 2016, as estimativas se mantêm positivas, principalmente quanto à previsão do aumento de vendas através dos dispositivos móveis.

A importância da segurança para compras online

Apesar do crescimento, muitos consumidores ainda têm desconfiança em relação a compras pela internet, considerando que o consumo online pode não ser seguro. Essa apreensão do consumidor é compreensível, uma vez que cada compra demanda a exposição de muitos dados pessoais sensíveis.

Além disso, não é tão comum empresas assegurarem ao consumidor critérios básicos fundamentais para solidificar a ideia de ‘compra segura’, como é o caso do Certificado Digital SSL (Secured Sockets Layer), um padrão mundial de tecnologia de segurança online.

Preocupados com marketing, layout e negociação com fornecedores, muitos varejistas se esquecem que um dos principais aspectos que influencia a decisão de compra de um consumidor é a segurança. Muitos usuários, por sua vez, não estão dispostos a inserir seus dados em um site que não transmita confiabilidade e credibilidade.

No meio digital, ainda é muito comum as pessoas desconhecerem o SSL para o e-Commerce, porém, muitas já sabem identificar o sinal desse protocolo de segurança: a imagem de um cadeado na barra de status da tela, confirmando que o site é seguro. Quando o cadeado aparece aberto ou inexistente, ou seja, no caso de páginas não certificadas, muitos consumidores interpretam como uma compra insegura.

A ausência de certificados em muitos comércios online é reflexo do próprio mercado virtual brasileiro, onde muitos comerciantes ainda desconhecem a importância do SSL ou não sabem como obtê-lo.

O fato é que, nos dias de hoje, o grande número de invasões e o fácil acesso de pessoas mal intencionadas, podem colocar todo um negócio em risco. Para evitar problemas, é essencial que o varejista virtual considere a importância de proteger os dados do cliente e as possíveis consequências que terão caso estas informações sejam interceptadas por terceiros.

Essa situação pode, ainda, gerar sérias sanções legais à empresa, que, segundo o Marco Civil, é responsável por qualquer lesão que o cliente possa vir a ter.

Vantagens do certificado digital SSL para o e-Commerce

O SSL é um protocolo que garante a integridade das informações através de um processo de criptografia dos dados, antes de serem enviadas a um outro servidor, de modo que terceiros não possam capturá-los – aí reside sua importância. O órgão do governo que rege a Certificação Digital no Brasil é o ITI, Instituto Nacional de Tecnologia da Informação, vinculado à Casa Civil.

Sites que utilizam esse certificado são facilmente identificados pela figura de um cadeado que é exposto no browser, além do endereço eletrônico iniciar com ‘https://….’. Sendo um forte indicativo de confiabilidade, consumidores sempre retornam com a certeza de que a compra é realizada com segurança.

Varejistas virtuais que utilizam esta ferramenta garantem que o consumidor está numa área segura e que as informações cadastrais, pessoais, bancárias e do pedido estão sendo feitas com segurança, ou seja, que não estão trafegando livremente pela internet, à mercê de qualquer intermediação.

Lojistas que não utilizam SSL correm o risco de um elevado abandono de carrinho e da troca por concorrentes que tenham SSL. Os certificados são essenciais para qualquer site que lida com transações, vendas, cadastros e qualquer outro tipo de movimentação que envolva dados sensíveis, já que sempre pode haver alguém mal intencionado tentando burlar a segurança do site para intermediar informações de clientes, principalmente aquelas de ordem financeira.

Garanta a segurança do seu site e confira o aumento de vendas que a certificação pode gerar para seu negócio!

Gostou do nosso post? Aprendeu mais sobre a importância da certificação online para o e-Commerce? Deixe seu comentário nos campos abaixo!

Nenhum comentário | Comente

 

Os comentários estão encerrados.