VALID Certificadora
27\12\2018

Como usar o planejamento tributário estrategicamente na crise?

Como usar o planejamento tributário estrategicamente na crise?

Um bom planejamento tributário pode ser o que a sua empresa precisa para diminuir gastos com impostos e contribuições e tornar seus lucros maiores. Em tempos de crise, essa pode ser a solução para os seus problemas, mas para isso é preciso saber exatamente em que ele se consiste.

Este planejamento nada mais é do que a maneira legal que uma empresa tem de amenizar os impactos da carga tributária. Por meio dele é possível identificar entre todas as formas possíveis de tributação a mais adequada para os interesses da organização, além de fazer uso de práticas eficientes para que a empresa atue de maneira a evitar riscos.

Para tanto, é necessário ter um amplo conhecimento sobre as leis vigentes no país e assim encontrar as alternativas de redução de custos de acordo com as características da empresa e o segmento em que atua.

Por isso, confira a seguir dicas práticas de como usar o planejamento tributário corretamente e garanta a segurança que sua empresa precisa para superar momentos de instabilidade econômica.

Faça investimentos que gerem benefícios fiscais para a empresa

O benefício fiscal pode aparecer em forma de isenção, de redução de taxas, de deduções na coleta normal, de amortizações financeiras e de outras medidas fiscais possíveis de natureza tributária. Na prática, para uma empresa, ao apoiar projetos garantidos pela legislação é possível transferir parte de seus impostos para atividades culturais ou esportivas e assim obter benefícios caso essa ação seja feita de maneira estratégica.

Projetos culturais, como o audiovisual, por exemplo, permitem que você divulgue a sua empresa na exibição de filmes nacionais. Da mesma forma, você pode expor a sua marca em eventos esportivos de grande visibilidade. Com isso, transforma-se o dinheiro do imposto em uma ação de marketing, gerando uma importante economia para a empresa.

Escolha o regime mais adequado para o negócio

A definição correta do regime tributário é um grande diferencial que empresas bem organizadas e estabelecidas no mercado apresentam em relação às demais. Sabendo o quanto seu empreendimento tende a faturar no ano, bem como suas despesas operacionais, a margem de lucro e as despesas com a equipe, você já tem as informações que precisa para analisar o desempenho da organização dentro de cada regime disponível.

Assim, considere esse desempenho de acordo com as características próprias do Simples Nacional, do Lucro Real e do Lucro Presumido. Caso possua experiência com esse tipo de análise ou tenha ao seu dispor um profissional contábil qualificado, você pode considerar também o Lucro Arbitrado, uma modalidade especial de tributação.

Essa é uma maneira de agir para que o impacto tributário sobre o seu empreendimento seja amenizado e os impostos, taxas e tarifas sejam cobrados sempre de acordo com a realidade do seu negócio.

Tenha uma boa governança tributária

De nada adianta definir o regime tributário ideal para suas pretensões sem que sua empresa tenha uma boa governança tributária. Esse conceito diz respeito ao cumprimento de boas práticas tributárias, tendo relação com a perspectiva fiscal, a contábil e a jurídica. Isso envolve a adequação à realização de cálculos, a escrituração de livros fiscais, a elaboração de guias de recolhimento e o cumprimento de obrigações acessórias ligadas a tributos.

Quando as práticas são apropriadas, há uma diminuição dos riscos fiscais, tornando o cumprimento das obrigações tributárias otimizado. Além disso, é possível dinamizar os procedimentos que envolvem tributos, dando à empresa condições para reduzir seus gastos e ganhar tempo em tarefas do dia a dia.

Como os tributos envolvem diversas ações das empresas, desde a contratação de novos colaboradores até a venda de mercadorias, a governança tributária é uma forma de evitar que qualquer ação se transforme num gasto a mais por conta de erros.

Jamais sonegue impostos

Diante da elevada carga tributária que recai sobre as empresas, a sonegação acaba sendo uma solução que gestores menos experientes encontram para lidar com esse problema. Isso faz com que eles prossigam com suas atividades sem que os gastos relativos a obrigações legais consuma boa parte de seus lucros.

Entretanto, sonegar é ilegal, é crime. Quando você usa esse tipo de recurso, em vez de reduzir os gastos de sua empresa com tributos, acaba correndo sérios riscos de ter que arcar com uma penalização muito maior do que os valores deles, além da total perda de credibilidade junto a consumidores, fornecedores e parceiros.

Isso sem falar nas implicações que esta atitude traz para a sua vida pessoal, pois enquanto gestor você pode ser penalizado na esfera criminal, caso fique comprovada a sua intenção.

Terceirize atividades

Uma boa alternativa para diminuir os custos de sua empresa com tributos pode ser a terceirização de atividades. Ela permite, além disso, uma série de benefícios operacionais que podem fazer com que a produtividade do seu empreendimento aumente de maneira considerável.

Se a força da equipe for a realização de procedimentos que envolvam departamentos ligados à atividade-fim, esta pode ser uma solução ainda mais interessante, pois as demais atividades podem ser terceirizadas para manter a equipe direcionada ao foco da organização, apesar de que, com a lei da terceirização, já é possível repassar para terceiros até mesmo ações que envolvam a atividade-fim de sua empresa.

Comece analisando soluções que envolvam outras atividades, como o setor de contabilidade ou de limpeza. Assim, você pode diminuir suas preocupações com áreas que não fazem parte do foco de sua empresa e ainda diminui encargos trabalhistas, podendo trazer significativa economia para a sua empresa.

Em suma, o planejamento tributário é fundamental para o sucesso de qualquer empreendimento, ainda mais em tempos de crise. Saber lidar com ele é o que pode fazer com que sua empresa enfrente esse período sem correr maiores riscos.

Gostou das dicas sobre planejamento tributário? Então siga a gente nas redes sociais para conferir mais conteúdos sobre esta área. Estamos no Facebook, no Twitter, no LinkedIn, no Google+ e no YouTube.

O quanto este post foi útil para você?

Clique nas estrelas para avaliar!

Nota Média / 5. Contagem de Votos

Você achou este post útil...

Siga-nos nas redes sociais

Que pena que você não gostou.

Ajude-nos a melhorar o conteúdo do blog

Nenhum comentário | Comente

 

Os comentários estão encerrados.