Certificado Digital

Você sabe o risco que corre quando acessa um site desconhecido?

1
(1)

Valid Certificadora já emite certificados digitais SSL

O Google, através de seu Blog sobre segurança digital, publicou estatísticas alarmantes sobre os riscos virtuais a qual a internet nos oferece.

Entre 12 e 14 milhões de pesquisas diárias retornam com pelo menos 1 site malicioso.

Um projeto do Google nomeado Google Safe Browsing estima que pelo menos 9500 sites com conteúdo potencialmente perigoso é descoberto diariamente. Dentre eles estão sites, a princípio inofensivos, cujos conteúdos foram manipulados por desenvolvedores de malwares, quanto aqueles criados especificamente para essa função.

O serviço de segurança do Google contra downloads com potencial perigoso, alerta contra pelo menos 300 mil downloads por dia.

Phishing

Os sites maliciosos estão se sofisticando. Com o comércio eletrônico como alvo principal, cada vez mais criam técnicas para confundir e enganar o usuário. Alguns sites são programados para ficar menos de 1 hora no ar, depois desaparecendo, para evitar detecções.

Malware

O volume de malwares desenvolvido cresce assustadoramente. Alguns são baixados a grande quantidades embutidos em downloads aparentemente seguros ou estão encrustados em códigos fonte de sites que, aparentemente são legítimos e seguros.

O uso de certificados digitais SSL com modalidades de escaneamento anti-malware tem sido uma arma poderosa para os responsáveis por segurança dos portais e sites em geral. O SSL cria um lacre digital através de criptografia entre o servidor onde está hospedado o site e o usuário, impedindo que as informações como cartões bancários, senhas e dados pessoais, sejam monitoras no tráfego desta informação.

Como uma significativa parcela de usuários tendem a confirmar ou ignorar alertas de segurança, está sob ele grande parte da responsabilidade sobre a cadeia de segurança na internet.

“Uma forma de auxiliar o usuário, é usar certificados de validação estendida (SSL EV). Nesta modalidade, o navegador (Chrome, Firefox, Internet Explorer etc.) ativam na barra de endereço, não só a letra “S” de https (ambiente seguro), como a cor verde para identificar que o site é seguro com rapidez e menor necessidade de ação do usuário. Do contrário, a barra se torna vermelha, indicando falta de garantia de segurança e/ou autenticidade. Além disso, outra ferramenta preciosa para o usuário é que o EV identifica o nome da empresa proprietária do site, estabelecendo a imediata relação de identidade/ autenticidade do site. Se a empresa não é a mesma que aparece no site, corra de lá!” – diz Marlos Andrey, coordenador SSL da VALID Certificadora Digital.

“A fim de fechar o cerco contra os maus elementos da internet, nos certificados tipo EV SSL oferecidos pela certificadora, gratuitamente é acoplado ao certificado do cliente, o serviço de anti-malware que promove varreduras constantes no conteúdo do site, alertando ao desenvolvedor quanto à existência de conteúdos maliciosos ou adulteração da integridade do site que possa colocar o usuário em risco.” – completa.

O quanto este post foi útil para você?

Clique nas estrelas para avaliar!

Nota Média 1 / 5. Contagem de Votos 1

Nenhum voto ainda, que tal começar?

Que pena que você não gostou.

Ajude-nos a melhorar o conteúdo do blog

Diga, como podemos melhorar nosso post?

Etiquetas
Mostrar mais

Valid Certificadora

Especializada em serviços digitais de confiança, identificação, acesso e autenticação. Somos Autoridade Certificadora emissora de certificados digitais ICP-Brasil e Internacionais.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
%d blogueiros gostam disto: