VALID Certificadora
16\04\2018

Inovação nas empresas: é possível incluir no planejamento estratégico?

É bastante comum pensar que a inovação nas empresas está relacionada apenas a companhias de tecnologia, pois é nesse ramo que surgem novidades relativas a computadores, celulares, softwares e outros produtos eletrônicos.

Porém, diferentemente do que muitos pensam, é possível aplicar inovações em organizações de qualquer ramo e tamanho, pois a informatização beneficiará os setores contábeis, financeiros, de logística, vendas e, até mesmo, o planejamento estratégico da companhia.

À primeira vista, pensa-se que o uso de tecnologia não tem ligação com planejamentos, porém, interligar esses temas será o elemento que garantirá o diferencial de sua companhia perante os concorrentes. Além disso, fazê-lo permitirá que outros colaboradores mentalizem inovações e melhorias em suas atividades.

Mesmo que você deseje implementar inovações nesse campo, o procedimento deve ser concebido de forma bem pensada e organizada, caso contrário, não terá o efeito esperado ou não serão aproveitados todos os seus benefícios.

Acompanhe a leitura deste artigo e entenda, de forma detalhada e clara, qual a importância das inovações nas empresas e, após, confira algumas dicas de como incentivar e implantar novas ideias!

Saiba a importância da inovação nas empresas no mercado

As empresas estão se tornando cada vez mais eficientes, criativas e otimizadas, o que deixa o mercado excepcionalmente competitivo e globalizado.

Gerir uma companhia de modo tradicional já não é mais suficiente para assegurar a sobrevivência em meio aos concorrentes. Por essa razão que a inovação se constitui como um elemento basilar para que a empresa se destaque no mercado e, até mesmo, lidere-o.

A inovação vai muito além da simples criação de novas tecnologias, serviços ou produtos. O tema envolve o surgimento de modelos de negócios revolucionários, novas formas de atender a necessidades dos clientes, criativos meios de reduzir burocracias e de estruturar o empreendimento.

Há diversos modos de inovar ou reinventar o planejamento e, a seguir, você encontrará quais são os caminhos mais benéficos para fazê-lo.

Tenha os OKRs de TI interligados ao restante da empresa

OKR, do inglês Objectives and Key Results, ou objetivos e resultados-chave, em português, consiste em um processo que define a cadência para a organização. Seu objetivo é fazer com que todos os setores da companhia andem na mesma direção, almejando as mesmas metas em um ritmo constante.

O termo “objetivos” se resume às descrições das diretrizes que serão alcançadas pela equipe, enquanto os “resultados-chave” são o conjunto de métricas que medem o progresso até que os resultados desejados sejam alcançados.

Conectar OKRs do departamento de Tecnologia e Informação – TI aos demais setores da companhia resultará no surgimento de sistemas inovadores ou no aprimoramento dos já existentes.

Um exemplo de objetivo de OKR do TI aplicado ao setor de vendas seria: implementar um sistema de cadastro de clientes e facilitar o processo de fidelização da clientela. Os seus resultados-chave consistiriam em:

  • desenvolver um novo sistema até junho;
  • realizar testes e integrá-lo ao departamento de vendas;
  • instruir vendedores a manusearem a novidade.

Percebe-se que essa é uma estratégia bastante benéfica para a companhia, pois a fidelização de clientes é um dos fatores mais importantes para aumentar a lucratividade do negócio.

Busque tecnologias que atendam à demanda

Com o desenvolvimento da companhia, surge uma nova gama de clientes e concorrentes, fazendo-se necessário adotar tecnologias que atendam à demanda e facilitem o trabalho dos colaboradores, como a digitalização de documentos, a realização de transações bancárias e os recolhimentos de impostos de forma on-line, bem como a utilização de notas fiscais eletrônicas, entre outras modernidades.

Porém, para que você seja capaz de usufruir dessas tecnologias, é preciso fazer uso da famosa certificação digital. Essa inovação consiste em um instrumento de identificação digital, que garante validade jurídica de todos os atos e documentos virtuais de forma econômica, fácil e segura.

Os certificados digitais são dispositivos compostos de arquiteturas matemáticas de impossível falsificação. Dessa forma, você pode assinar ou enviar documentos e realizar transações pela Internet sem preocupações, pois sabe que estará utilizando uma ferramenta completamente segura.

Promova a cultura de inovação

Um dos maiores obstáculos na implantação de inovações é, com certeza, a sua aceitação pelos administradores e funcionários. Muitos indivíduos ainda são excessivamente conservadores, não confiam nas tecnologias ou têm dificuldades em se adaptar ao uso dela.

Dessa forma, não basta impor as tecnologias sobre os envolvidos. Se a ideia da inovação não for incentivada, eles não se esforçarão para aprender a manuseá-la e aproveitar os seus benefícios.

Mas há ações que podem reverter essa situação, mudando a forma de pensar dos colaboradores e criando um ambiente favorável para sua implantação. Entre essas ações, estão:

  • buscar pela diversidade de perfis: pessoas distintas trazem diferentes ideias e visões sobre os negócios;
  • dedicar parte do expediente a projetos de inovação e empreendedorismo: desde que os assuntos sejam relacionados à empresa;
  • encorajar iniciativas: colaboradores podem ter ideias inovadoras e benéficas ao negócio;
  • tolerar erros nas tentativas de inovações: os envolvidos podem não acertar em seus projetos, porém eles devem ser incentivados a tentarem até alcançarem o sucesso;
  • reconhecer esforços: recompense as tentativas de inovar realizadas pelo colaborador.

Ouça e compartilhe ideias

Mesmo que você arquitete um projeto inovador, isolar-se em seus pensamentos não é o ideal a se fazer. É comum ter o receio de ter sua ideia copiada ou ser debochado por colegas de má-fé. Porém, compartilhar suas ideias faz parte da evolução da companhia e do seu desenvolvimento profissional.

Uma ideia pode parecer fascinante teoricamente, porém, ao se deparar com críticas construtivas que aperfeiçoarão sua estratégia, como também uma visão de fora, será possível identificar falhas e consertá-las de antemão. Procure colegas confiáveis e compartilhe suas ideias, assim, você poderá testar a viabilidade e a solidez de sua concepção no plano prático.

Com o tempo, você adquirirá confiança de sua equipe, fazendo com que ela também requisite sua opinião em seus projetos. Essa interação social é essencial para que os colaboradores percam o medo de inovar no planejamento estratégico de sua empresa.

Estruture um procedimento para inovações

Assim como qualquer outro procedimento da empresa, a inovação deve passar por um plano de etapas estruturado e organizado. Mesmo que a ideia seja genial e detenha todas as características para ser bem-sucedida, todo o projeto pode falhar por simples erros procedimentais, como mora, falta de verba ou mero esquecimento.

É recomendável que o fluxo de informações prossiga o seguinte percurso dentro da companhia:

  • transcrição de ideias no papel: é importante instruir os colaboradores para escreverem em um formulário seus projetos, expressando, de forma clara, seus conceitos;
  • seleção e aprovação de ideias: os administradores ou uma equipe responsável selecionarão quais opções aparentam ser mais prováveis de funcionarem;
  • preparação: estipula-se a verba necessária para colocar os projetos no plano real e define-se os responsáveis pela sua execução;
  • teste de conceito: realiza-se a simulação de cenários de quais seriam seus efeitos práticos;
  • produção de um protótipo: é importante testar as versões do produto;
  • lançamento: iniciar produção do produto criado ou colocar em prática o novo serviço.

Percebe-se que é necessário implantar diversas mudanças para que a inovação nas empresas alcance o planejamento estratégico. Mas, após a leitura deste artigo, você sabe exatamente o que fazer para tornar o ambiente propício a inovações!

Outra ideia bastante importante para qualquer empresa é o cuidado com o meio ambiente. Saiba, aqui, do que se trata a sustentabilidade empresarial e aprenda como implementá-la!

Nenhum comentário | Comente

 

Os comentários estão encerrados.