VALID Certificadora
31\01\2018

Aprenda a trabalhar o engajamento da equipe

Dentro de uma organização, a gestão de pessoas é responsável por administrar e gerir o capital humano, ou seja, os colaboradores que fazem parte dela. Como esse tipo de gestão lida com todos os processos que envolvem as pessoas — que são a essência de uma empresa —, podemos dizer que ele é fundamental no engajamento e união da equipe. A gestão de pessoas faz com que todos atuem de maneira mais produtiva, visando o crescimento da companhia.

Engajar pessoas tornou-se um dos grandes desafios atuais das organizações. Novas demandas e tendências, cenários em transformação constante e uma rotina cada vez mais exaustiva se transformaram em obstáculos ao engajamento das equipes, que recebem cobranças cada vez mais frequentes, de todos os lados. O fato é que uma equipe que trabalha mais motivada consegue ser produtiva, ajudando no crescimento da organização.

Diante do cenário em que vivemos, ficamos com a seguinte questão: como fazer isso? Aprenda neste post a trabalhar o engajamento da equipe.

1. Invista mais em propósitos

Você concorda que há diferença entre viver e sobreviver? Quando sobrevivemos, deixamos de viver sem um propósito e não aproveitamos o que há de melhor em nossas vidas. Não levantamos da cama todos os dias com disposição e agimos basicamente em “modo automático”. No ambiente de trabalho, é como atuar sem nenhum propósito. O seu colaborador quer e precisa ganhar dinheiro para pagar suas contas, porém isso não é tudo.

Como líder de uma equipe, você pode investir mais em propósitos que façam com que seus colaboradores encontrem o fundamento de suas atuações no escritório de contabilidade. Compartilhe com eles a visão e a missão de sua empresa, oferecendo uma perspectiva sobre seu trabalho e apresentando a eles os motivos que os tornam importantes para a organização. Mostre como eles fazem a diferença nos resultados da companhia.

2. Promova o desenvolvimento profissional

É fato que são raros os trabalhadores que entram em uma empresa com o sonho de viverem ali todas as suas experiências profissionais, do começo da carreira à aposentadoria. Mesmo sabendo que, um dia, eles partirão para novos desafios, você pode estimular o desenvolvimento profissional deles dentro de sua companhia. A falta de perspectiva de crescimento consegue desanimar até mesmo o mais engajado de seus colaboradores.

Contorne essa situação por meio do desenvolvimento profissional, que pode estar baseado em um plano de carreira. Estimule seus colaboradores a se qualificarem constantemente, pois o conhecimento que eles adquirem será convertido em benefícios para a empresa. Em contrapartida, a organização pode oferecer melhores salários e um plano de carreira em que os profissionais que mais se destacarem são recompensados com novas responsabilidades e cargos de liderança.

3. Valorize as habilidades e estimule o espírito de equipe

Você conhece bem todos os membros de sua equipe? Conhecê-los permite descobrir quais são suas habilidades, promovendo uma relação melhor entre eles e a companhia. Não basta descobri-las, é preciso valorizá-las também. Dessa maneira, você consegue distribuir melhor as demandas de acordo com o perfil de cada um. Os mais analíticos, por exemplo, podem deixar de fazer um trabalho mais braçal para garantir uma qualidade melhor nas entregas do escritório.

Ao mesmo tempo em que você redistribui as tarefas de acordo com cada perfil, é necessário estimular o trabalho em equipe. Por mais que a competição entre os colaboradores seja algo saudável, um ambiente muito competitivo ou desigual pode impedir a formação do espírito de equipe. O resultado disso você já sabe: prejuízos ao negócio. Evite isso fixando metas individuais e de equipe, favorecendo o coleguismo e o trabalho em conjunto.

4. Melhore o clima no ambiente de trabalho

A qualidade do ambiente de trabalho influencia bastante nos resultados de uma equipe. Instalações limpas e arejadas são capazes de mudar até mesmo o humor dos funcionários. Permitir intervalos para lanches rápidos, investir em um mobiliário adequado e manter o espaço de trabalho apto para que todos exerçam suas funções são formas de promover o engajamento da equipe. Acredite, uma única cadeira adequada para quem trabalha na frente de um computador já faz toda a diferença na rotina de um profissional.

Uma melhoria indispensável nos dias de hoje é o investimento em tecnologia, pois ela é capaz de agilizar e otimizar os processos. Isso deixa a rotina dos colaboradores mais tranquila e diminui o nível de estresse, além de trazer inúmeros benefícios — como segurança, eficiência e maior produtividade — para os procedimentos da própria instituição.

Outro ponto que você pode investir na melhora do clima do ambiente de trabalho diz respeito à flexibilidade. Não é segredo para ninguém que a vida de um funcionário não se resume ao seu expediente. Fora de sua empresa, ele tem responsabilidades como todos — inclusive você. Imprevistos acontecem e você pode ser mais flexível a eles. Crie alternativas para os seus colabores, inclusive a de trabalho em home office. Em troca, você pode exigir mais dedicação e bons resultados.

5. Dê feedbacks constantes e deixe que seus colaboradores se expressem

Um dos aspectos que mais frustram os funcionários é a falta de clareza nas ordens e processos dentro de uma empresa. Não saber como fazer ou trabalhar com achismos deixa as equipes extremamente estressadas. Como está o trabalho do seu time? Quais são os pontos positivos e os que eles podem melhorar? O que pode modificado para agradar mais aos clientes e à liderança? Chame os seus funcionários para conversar e dê feedbacks constantemente.

Lembre-se de que esse tipo de conversa não pode ter um tom autocrático, quando somente uma das partes pode falar. Deixe que seus colaboradores se expressem também, pois são desses momentos que surgem as ideias inovadoras, as críticas verdadeiras e o posicionamento real de cada um diante da organização. Estabeleça um período para que isso ocorra e evite desmarcar, pois essa experiência estimula bastante o engajamento da equipe, que passa a trabalhar com mais foco e o direcionamento necessário para alcançar resultados cada vez melhores.

Precisamos ressaltar aqui que o engajamento da equipe não depende unicamente da empresa. As características de cada um têm um peso muito grande ao longo desse processo, pois algumas pessoas têm problemas de autoestima, são negativas, não gostam de arriscar ou têm uma baixa conexão com a empresa. Faça o máximo possível de esforço para trazer o time para o seu lado antes de considerar a substituição de uma parte da equipe — que acaba resultando em mais gastos para a companhia.

Aproveitando que falamos em “gastos”, que tal saber como o contador pode se dar bem em tempos de crise? Clique aqui e leia um artigo com todas as informações e dicas sobre esse tema.

Notícias relacionadas:

Nenhum comentário | Comente

 

Os comentários estão encerrados.