VALID Certificadora
23\11\2017

7 tendências de contabilidade que sua empresa precisa acompanhar

A área contábil tem um papel fundamental no funcionamento de qualquer empresa. A presença de um forte sistema de contabilidade é indispensável para os negócios. Ao longo dos anos, houve uma série de mudanças na forma como ela é realizada. Hoje, muitas empresas da área estão adotando as novas tendências de contabilidade para remodelar seus negócios e simplificar seu trabalho.

Percorremos um longo caminho da contabilidade manual até sua automação e utilização na nuvem. Além disso, muitas empresas também estão terceirizando suas necessidades contábeis. Assim, podem se concentrar completamente em suas estratégias principais, gerar novos negócios e manterem-se competitivas no mercado.

Por isso, neste post vamos falar sobre as 7 tendências mais recentes que afetam a contabilidade, as quais sua empresa precisa acompanhar. Confira!

1. Maior valorização dos contadores que usam a nuvem

A nuvem pode ser usada pelas empresas para várias operações: desde o armazenamento de dados até a conectividade e redução de custos comerciais. Os contadores que adotam a nuvem têm mais controle sobre seu tempo. Eles terceirizaram o trabalho que a maioria dos profissionais temia.

A contabilidade na nuvem permite fácil acesso à infraestrutura de classe mundial sem a necessidade de grandes investimentos financeiros. Além disso, essa tecnologia melhora a colaboração entre os membros das equipes e ajuda a ter melhor visão geral sobre suas finanças.Ela requer um software que seja executado em servidores e conectividade com a internet. Entre suas vantagens, estão:

  • permite o uso do software a partir de qualquer dispositivo móvel — laptop, tablet ou smartphone — usando qualquer conexão à internet;
  • permite que os pequenos empresários permaneçam conectados com o contador e seus dados;
  • softwares em nuvem podem ser integrados com um grande número de sistemas complementares;
  • remove a necessidade de executar aplicativos em uma área de trabalho;
  • é uma maneira segura de proteger a propriedade intelectual de uma empresa em caso de perda de ativos físicos, como laptops, por exemplo.

2. Automação de processos é uma das tendências de contabilidade

A automação da contabilidade é uma tendência que pode economizar muito tempo para os profissionais e seus clientes. Ela está lentamente eliminando a necessidade de entrada manual de dados. Assim, destina-se a reduzir o ônus da contabilidade manual, diminuindo a burocracia e permitindo que os contadores usem seu tempo para lidar com questões mais estratégicas.

Embora os softwares de automação contábil possam parecer uma ameaça, eles surgem, com ferramentas de auxílio para os profissionais desse setor. Automatizar a contabilidade é extremamente benéfico, tanto para os contadores, quanto para os pequenos empresários.

3. Necessidade de alinhamento com a estratégia de compliance da empresa

Uma empresa deve ser capaz de fornecer, a qualquer momento, informações precisas sobre suas contas às autoridades reguladoras. E, para garantir a conformidade de seus clientes, é necessário que os contabilistas atuem de forma alinhada com os mesmos.

O termo compliance ainda é relativamente novo no Brasil e as empresas com uma governança pouco estruturada dificilmente terão uma estratégia nesse sentido. Algumas delas até podem ter seus processos para registrar, verificar e reportar o valor dos ativos, passivos, dívidas e despesas já em vigor.

Porém, na maioria das vezes isso ainda não ocorre da forma correta. Nesses casos, o contador pode e deve fornecer consultoria para ajudar a implantar uma estratégia de compliance nas empresas de seus clientes. E mais, podem fazer isso orientando-os a utilizar essa ferramenta da maneira correta e trabalhar de forma alinhada com eles.

4. Sistemas integrados são uma tendência da contabilidade moderna

O uso de sistemas integrados em sua gestão contábil simplifica a entrada e saída de informações, bem como a confecção de relatórios financeiros. A adoção de um sistema integrado aumenta sua velocidade, precisão e eficiência no processamento de informações financeiras.

Além disso, você não precisa manter procedimentos contábeis separados para preparar relatórios financeiros, de gerenciamento e de fluxo de caixa. Com a integração de sistemas, você também pode acessar relatórios das operações diárias em tempo real.

Dessa forma, hoje a adoção de sistemas integrados é mais uma necessidade do que uma escolha para o contador. Isso ocorre porque as complexidades crescentes do mundo dos negócios modernos exigem o uso de sistemas eficientes o bastante para maximizar seu desempenho profissional.

5. A migração das obrigatoriedades assessorias para o meio digital

Com o Decreto Nº 8.373/2014 foi instituído o eSocial. Esse sistema digital para a transmissão das obrigatoriedades fiscais, previdenciárias e trabalhistas ao governo muda a forma de trabalho dos contadores. Todas as obrigatoriedades assessorias que antes eram feitas em papel, no meio físico, migraram para o meio digital.

Apesar dessa tendência fazer profundas mudanças na área, também traz facilidade e controle para a gestão do contador. Entre as vantagens dessa mudança, estão:

  • diminuição da burocracia, por dispensar o preenchimento de diversas declarações e formulários;
  • maior transparência em relação às informações prestadas. Isso cria um diferencial competitivo para as empresas que podem ser fiscalizadas também por fornecedores, consumidores;
  • torna a recuperação de dados e o acesso ás informações mais fáceis, pois funciona como um backup dos registros enviados ao governo;
  • torna transmissão de dados mais segura, pois exige certificado de segurança.

6. Contadores precisam mais do que nunca de certificação

Com o aumento de informações transitando pela internet, também cresceu o número de pessoas que roubam e fazem uso de dados alheios — os hackers. Quem garante que foi você quem enviou ou solicitou a recuperação de alguma informação contábil aos órgãos governamentais?

Por essa razão, hoje mais do que nunca os contadores — e alguns de seus clientes — precisam de um certificado digital. Ele atesta a autenticidade dos dados do profissional contábil, garantindo maior segurança das suas informações e de seus clientes.

Além disso, a implantação do eSocial exige que os profissionais contábeis adaptem sua infraestrutura tecnológica para se adequar ao novo sistema. Desde o dia primeiro de julho de 2016, empregadores optantes pelo Simples Nacional, ou seus contadores, passaram a precisar de um certificado digital para enviar obrigações acessórias ao governo.

7. A terceirização da contabilidade vem crescendo rapidamente

Sempre foi comum que as empresas terceirizassem sua contabilidade. O que há de novo é que hoje as inovações de TI permitem que as empresas enviem seu serviço contábil para o outro lado do país, ou até mesmo do mundo. As paredes dos escritórios e a distância já não detêm os contadores de seus clientes potenciais.

Não há mais a necessidade de viajar para a empresa de um cliente ou trabalhar em um escritório. A tarefa de sentar-se regularmente com um cliente para examinar pilhas de papel também ficou no passado. Bem como aqueles dias analisando uma caixa de sapatos cheia de recibos não precisam mais acontecer.

Em suma, essas tendências de contabilidade vêm fazendo o setor passar por grandes mudanças. O foco está mudando para melhorar ainda mais a experiência do cliente. Estas são apenas alguns delas, mas vêm exigindo cada vez maior preparo dos profissionais. E, podemos dizer que aqueles contadores que não se adaptarem a essas mudanças correm o risco de perder sua competitividade no mercado.

Esperamos que este post tenha lhe ajudado profissionalmente. Quer continuar acompanhando todas as novidades do mundo contábil? Então siga-nos no Facebook e no LinkedIn e não perca nada!

Notícias relacionadas:

Nenhum comentário | Comente

 

Os comentários estão encerrados.