VALID Certificadora
20\10\2017

Teste de vulnerabilidade x certificado SSL: qual é a diferença?

Você já pensou na vulnerabilidade à qual os e-commerces estão sujeitos? Desde o acesso ao caixa, os códigos do cartão de crédito, os dados dos clientes até informações confidenciais sobre seus produtos e serviços: tudo isso pode ser comprometido se você não tomar os devidos cuidados com a segurança de sua loja virtual. Contar com um teste de vulnerabilidade e com Certificados Digitais de segurança, portanto, é essencial.

Quer garantir mais estabilidade para os seus clientes, entendendo como detectar as fraquezas de seu site e encontrar a melhor solução para proteger seus dados? Veja a seguir o conteúdo que preparamos para você!

O que é um teste de vulnerabilidade?

O objetivo do teste de vulnerabilidade é a redução dos riscos em relação a incidentes de segurança no site, tanto na rede interna quanto externa. Assim, é possível detectar falhas e garantir que a rede esteja em um nível satisfatório de segurança, trazendo maior eficiência para as operações da empresa.

Além do teste de vulnerabilidade, há também o chamado teste de invasão ou pentest. Trata-se de um conjunto de métodos que avaliam a segurança do sistema de computador ou da rede e simulam ataques de uma fonte maliciosa. Dessa forma, o processo busca más configurações do sistema, deficiência no sistema operacional, falhas em hardwares e softwares, entre outros. As análises então são avaliadas e os responsáveis propõem uma resolução.

O grande problema dos testes de vulnerabilidade é que nem todas as pessoas que encontram erros de codificação usam esse conhecimento para resolver o problema. Algumas até mesmo aproveitam essa brecha para invadir o site e conseguir vantagens pessoais.

Profissionais desse tipo coletam os dados de consumidores, o que causa um grande impacto para a reputação do negócio. Daí a necessidade de zelar para que as empresas que prestam esse tipo de serviço sejam altamente recomendadas. Também é preciso que esse trabalho seja contínuo. Com varreduras no sistema que autentiquem o site diariamente, o selo estará sempre atualizado.

O que é um Certificado Digital SSL?

O SSL (abreviação para Secure Sockets Layer) é um protocolo de segurança gerado pela Netscape. Baseado no princípio da criptografia, tornou-se um padrão internacional para a troca de informações sigilosas, sendo incorporado em todos os browsers populares.

Essa tecnologia funciona de forma automática quando o usuário se conecta a um servidor habilitado para o protocolo. Para saber se o servidor o usa, basta observar a URL: ela será iniciada com o HTTPS. O “S” quer dizer “secure”.

Para se conectar ao servidor SSL, o navegador pedirá a ele um Certificado Digital da Autoridade Certificadora (CA). A identidade do servidor é então autenticada pela CA, assegurando que não sejam enviadas informações importantes para pessoas mal-intencionadas ou sites enganosos.

Quando há uma falha com a Autoridade Certificadora, o navegador então abre uma janela para informar qual foi o problema encontrado. A partir disso, você terá a opção de terminar a sessão ou de continuar sob sua própria responsabilidade.

Nas circunstâncias ideais, o browser criptografa todas as informações enviadas do seu dispositivo para o site antes mesmo que elas deixem seu computador. Chegando em um servidor seguro, elas são então decifradas com uma chave secreta.

Quando o servidor envia essas informações de volta, elas também são criptografadas antes mesmo de serem enviadas. Seu navegador possui a capacidade de decifrar esses dados no momento da chegada.

A utilização de um servidor seguro também permite a autenticação de clientes. Com ele, é possível detectar se o usuário não está tentando se passar por alguém com acesso restrito. A tecnologia SSL permite ainda autenticar esses dados de uma forma que o intercessor não possa substituí-los por informações falsas.

Algumas empresas oferecem a implantação do SSL aliada a testes de vulnerabilidade, garantindo mais segurança para as plataformas.

O uso do certificado SSL proporciona ainda benefícios práticos para o seu e-commerce, já que o Google favorece sites protegidos na exibição de resultados.

Qual solução devo adotar?

O processo de teste de vulnerabilidade, por si só, não é suficiente para garantir a segurança da página, especialmente quando ele não é realizado por uma empresa capacitada. Esse tipo de certificado opera melhor quando é aliado a um pentest.

Já a implementação do SSL traz mais vantagens para a sua loja virtual, pois esse sistema utiliza a criptografia para proteger os dados da empresa e de seus usuários, fornecendo uma criptografia única para cada par de chaves.

Dessa forma, o dado codificado é acessível apenas para quem tem a chave privada correspondente. Sua empresa então assegura que os dados não serão interceptados no meio do caminho.

Além de proporcionar proteção à troca de dados, o SSL evita o phishing. Essa prática ocorre quando hackers enviam e-mails para os clientes simulando comunicações oficiais. Esses e-mails podem contar com um link para websites suspeitos ou fornecer um caminho para que os cibercriminosos usem o site da empresa para copiar as informações trocadas durante a transação.

Outra vantagem do SSL é que ele é facilmente reconhecível, até mesmo entre clientes que não entendem sobre segurança digital. Além do “s” no endereço, o símbolo de cadeado e a cor verde na barra do navegador geram maior confiabilidade entre os usuários.

O SSL é indispensável para lojas virtuais que desejam oferecer mais opções de pagamento, pois a maioria das operadoras de crédito têm como pré-requisito a presença do certificado SSL no site.

Vale lembrar que, se não usar https, o site perde todas as informações sobre seu tráfego, pois os links de referência para um site inseguro são interceptados pelas ferramentas de análise, que registram como um acesso direto (como quando a pessoa digita o site na barra de endereços).

Felizmente, graças a iniciativas como o Let’s Encrypt, o uso do SSL foi democratizado. Empresas de hospedagem já integram a instalação do serviço no painel de controle, e a implementação e manutenção do certificado SSL está mais acessível.

Seja qual for a solução de segurança adotada por sua loja, destine uma parte do seu site à apresentação clara das suas políticas de privacidade. Com isso, o usuário se sente mais seguro para navegar por ele.

Gostou deste post? Compartilhe nas redes sociais e marque seus amigos! Quantos mais pessoas se conscientizarem sobre a importância de garantir a segurança do usuário e dos dados da empresa, mais fortalecidos ficam os empreendimentos!

Notícias relacionadas:

Nenhum comentário | Comente

 

Os comentários estão encerrados.